PRODUTO ADICIONADO NA SACOLA DE COMPRAS
Carrinho Vazio
RASTREAR ENCOMENDA
19/03/2022

Futebol Brasileiro S/A

Depois de ser aprovada no Congresso Nacional, a Lei do Clube-Empresa, no fim do ano passado, vários clubes estão se movimentando e se enquadrando à nova realidade, que pode ser a salvação de muitos deles.

A SAF (Sociedade Anônima do Futebol), como é conhecida, permite que os clubes vendam ações para empresas investidoras. Endividados e cheios de problemas financeiros de todos os tipos, os administradores passam a pagar as dívidas desses clubes e investir no futebol, que é o que mais interessa ao torcedor.

O Cruzeiro foi o primeiro dos clubes grandes do Brasil a ser “vendido”. E foi justamente Ronaldo Fenômeno, que surgiu no cenário nacional para o futebol na própria Raposa, que chegou para investir no clube. Cerca de R$ 400 milhões serão investidos, incluindo o pagamento de dívidas e investimentos na equipe. Mas isso ao longo de cinco anos.

Quem seguiu também o caminho do Cruzeiro foi o Botafogo. O dono do Crystal Palace, da Inglaterra, John Textor, investirá também cerca de R$ 400 milhões no clube da Estrela Solitária. Pouco tempo depois foi a vez do Vasco ser “vendido” para a norte-americana 777 Partners, por algo em torno de R$ 700 milhões.

O que tem em comum esses grandes clubes do futebol brasileiro? Anos de péssimas administrações que levaram os clubes à beira do caos, financeiro e esportivo, já que tanto Cruzeiro, quando Vasco e Botafogo, não são mais protagonistas do futebol brasileiro, muito pelo contrário. Os mineiros estão pelo terceiro ano consecutivo na Série B. O Gigante da Colina irá para sua segunda temporada na segundona. Já o Fogão, que esteve na divisão inferior do Brasil em 2021, subiu e disputará novamente a Série A esse ano.

Virar SAF é uma esperança para os sofridos torcedores que amam seus times e são obrigados a passar vergonha, vendo dirigentes despreparados, e muitas vezes até mal-intencionados, lesarem seus clubes. Os vexames sempre atingem o campo, com goleadas sofridas, rebaixamentos, eliminações, etc.

Com Palmeiras, Flamengo e Atlético Mineiro cada vez mais destoando dos demais, virar empresa e ver o time receber grandes investimentos, enchem os torcedores de esperança para um futuro melhor, mais competitivo contra esses rivais que hoje em dia estão num nível superior.

Outros grandes clubes do futebol brasileiro ainda estudam virar uma SAF, mas ao que parece, dirigentes não querem “largar o osso” tão fácil, como no São Paulo FC, por exemplo. Cheio de dívidas, quebrado, o clube que um dia foi vanguarda e exemplo para todos, hoje é pessimamente administrado. Será que chegar quase ao fundo do posso para entregar o futebol para uma administração profissional?

E essa inciativa é boa não apenas para salvar os clubes, mas também para o estado, que por décadas “financia” a manutenção dessas instituições, que devem milhões de reais em impostos. Como uma SAF, o clube passará a pagar as dívidas ao governo que, em outros tempos, eram dadas como perdida.

Mas também é preciso, no entanto, ter calma e ver como serão conduzidos esses projetos. Na teoria é tudo muito bonito, muito animador, mas é necessário que os trabalhos sejam bem feitos, estruturados, que profissionais capacitados possam traduzir os investimentos em grandes times. É importante também que pessoas ligadas aos clubes possam acompanhar essa transformação, pois todos os grandes times do Brasil têm muita tradição e que não podem ser quebradas, jogadas no lixo.

  • A partir de: R$ 59,42
    Comprar

    Camiseta Brilho da Tríplice Coroa da Raposa 2003

    Camiseta masculina fabricada com tecido 100% algodão e estampa ilustrativa do gol de letra do meia Alex na final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, quando o Cruzeiro foi campeão em 2003, ano da tríplice coroa da Raposa

  • A partir de: R$ 59,42
    Comprar

    Camiseta Show do Animal Brasileirão 1997

    Camiseta masculina 100% algodão com estampa ilustrativa da comemoração de Edmundo após marcar seu terceiro gol na goleada do Vasco sobre o rival Flamengo, por 4x1, em 1997, na semifinal do Brasileirão, conquistado na sequência pelo Gigante da Colina.

  • A partir de: R$ 59,42
    Comprar

    Camiseta Artilheiro Maravilha Fogão Brasileirão 1995

    Camiseta masculina fabricada com tecido 100% algodão com estampa ilustrativa do gol de Túlio no empate contra o Santos que deu o título Brasileiro ao Botafogo, em 1995

Acompanhe as novidades no instagram@novomanto_oficial